Casamento Sorriso, Mt

Lau e Arley

Vivo dizendo que na fotografia não existe distância, mercado de atuação, não existe limite e fronteiras, desde que você realmente se entregue para a história que irá viver e fotografar. Essa ideologia vem me levando para diferentes lugares para fotografar histórias de diferentes pessoas. É dessa forma que elimino todas as distâncias para fazer meu trabalho, o que é excepcionalmente engrandecedor, por viver diferentes experiências a cada casamento, sempre com muito amor. 

Recentemente, estive no Mato Grosso acompanhando a história da Lau e do Arley, e teve um momento que estávamos no carro indo de um local para outro que ela perguntou "Caio, tem algo que é  ruim para fazer seu trabalho?" - hahahahaha - enchi os olhos, me passou um filme pela cabeça de todas as barreiras que ultrapassei e todas as distâncias que cruzei, e respondi, a única coisa que não é tão bacana assim em ser fotógrafo são as horas em frente ao computador, como agora que estou a muito tempo tentando escrever aqui... hahahaha... Com toda certeza do mundo as horas em frente a tela é recompensadora, através de pessoas de verdade que conheço e lugares com uma pureza e grandeza sem explicação por onde passo. Sim! Ser fotógrafo de casamentos é maravilhoso, obrigado meu Deus!

Como de costume, abaixo está um breve resumo da história que cliquei em Sorriso, MT. Lauren e Arley, minha palavra a vocês é OBRIGADO! Obrigado por existirem, por confiarem no meu trabalho, por me ajudarem a quebrar distâncias para estar com vocês e por serem pessoas incríveis. Sucesso ao casal! <3